• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

18,81

Preço fixo até 31/05/2023 (?)

Preço livre (?)

Intervenções

Pela primeira vez em Portugal, o livro de ensaio e opinião de Michel Houellebecq, tão respeitado enquanto escritor como polémico enquanto pensador.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

ISBN 9789897842078

Data de publicação Junho de 2021

Páginas 384

Dimensões 150x235mm

Género Ficção, Literatura

Partilhar

«Avançamos para a catástrofe, guiados por uma imagem falsa do mundo; e ninguém o sabe. (…) Se nos mantivermos numa visão mecanicista e individualista do mundo, morreremos. Não me parece sensato permanecer mais tempo na esfera do sofrimento e do mal. Há cinco séculos que a ideia do eu ocupa todo o espaço; é tempo de bifurcarmos.» Literatura, religião, fé, arte, filosofia, feminismo, conservadorismo, amor - neste volume de textos, Michel Houellebecq regressa aos temas que sempre lhe interessaram para dar a conhecer os pontos de vista que o têm celebrizado: frequentemente polémicos, quase sempre provocadores, sempre estimulantes. Numa obra de ficção, é impossível separar completamente o escritor do pensador, e é inevitável atribuir a crença ou o ponto de vista de uma personagem ao seu criador. Notável prosador, Michel Houellebecq é frequentemente alvo de críticas ou polémica sempre que um seu romance toma partido ou antevê possibilidades que nos são dolorosas. Neste primeiro livro de opinião publicado em Portugal - onde encontramos o escritor a fazer um elogio a Trump ou numa conversa íntima com um amigo escritor, a defender o conservadorismo moderado ou a exaltar a literatura e o amor - temos um Michel Houellebecq mais directo, mais despido do filtro da ficção, sempre fascinante. Vemos um homem - que calha ser um dos escritores mais relevantes do presente - de pensamento absolutamente livre, impossível de definir com rótulos simplistas, um analista implacável daquilo a que chama a "comunidade humana".
«As lutas de Houellebecq são fundamentais, necessárias, na sua visão da arte e da sociedade.» DNA «Michel Houellebecq é divertido, inteligente, e sempre definitivo.» Paulin Césari, Le Figaro «Houellebecq antecipou a chegada da desumanização. Percebeu que o clima de liberdade em que vivemos não passa de mais uma exortação.» Yasmina Reza «Michel Houellebecq pode bem ser o romancista mais interessante dos nossos tempos.» Evening Standard «O que me impede de ler os livros de Houellebecq e ver os filmes de Lars von Trier é uma espécie de inveja. Não porque inveje o seu sucesso, mas porque ler esses livros ou ver esses filmes obrigar-me-ia a contemplar quão excelsa pode ser uma obra e quão inferior é o meu trabalho.» Kark Ove Knausgård

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Intervenções”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados